Conheça os tipos de transmissões existentes

câmbio-fit-700x419

Ela existe para converter a força do motor em movimento para os veículos. A caixa de transmissão é um dos itens mais importantes de um automóvel e – dependendo da aplicação – é bastante valorizada pelos fabricantes. Geralmente, os tipos mais utilizados de transmissão para automóveis são: mecânica e automática. Mas existem outros tipos, tais como automatizada e automatizada de dupla embreagem, por exemplo.
chery qq cambio 700x466 Conheça os tipos de transmissões existentes

Mecânica ou manual

A caixa de transmissão mecânica ou manual, como geralmente é chamada, está presente na maioria dos automóveis, especialmente no Brasil. Por ser mais simples e barata, ela é a opção de muitos consumidores. Também é ainda um item desejado em carros esportivos, onde o condutor pode explorar ao máximo a performance do veículo.
É a única que exige um pedal para acionamento da embreagem. No entanto, existem versões equipadas com dispositivos automáticos de embreagem, como o recente eClutch da Bosch, por exemplo. Este tipo de transmissão pode ter até sete marchas em automóveis. No Brasil, a opção mais barata com esse câmbio é o Chery QQ, que sai por R$ 19.990.
gol imotion 1 700x554 Conheça os tipos de transmissões existentes

Automatizada, semiautomático ou sequencial

Alguns carros possuem o sistema automatizado ou semiautomático de troca de marchas, a fim de reduzir custos ou porque o projeto não contempla um câmbio automático, mas também é utilizado em carros esportivos.
Trata-se da mesma caixa mecânica anterior, mas com dispositivo eletromecânico que aciona a embreagem e ainda faz as trocas de modo automático. O tempo de resposta nas mudanças de marcha varia de acordo com a tecnologia empregada. Em carros comuns é mais lenta que a de um automático, mas em superesportivos, garante melhor performance. O Novo Gol 1.6 I-Motion é a opção com automatizado mais barato do mercado: R$ 37.160.
A transmissão mecânica pode ser também do tipo sequencial, geralmente usada em motocicletas, superesportivos ou veículos pesados, estes últimos com acionamento eletropneumático. Oferecem melhor tempo de resposta nas mudanças de marchas, já que não se é necessário encontrar a posição de cada velocidade ao engatar.
kia picanto 2012 primeiras impressoes 31 Conheça os tipos de transmissões existentes

Automático

Automático ou hidramático é o tipo de transmissão que muitos consumidores escolhem por oferecer maior conforto ao dirigir. O dispositivo utiliza conversor de torque para transferir a força do motor para as rodas e um sistema (eletro)hidráulico aciona as engrenagens planetárias, sempre conectadas entre si. Geralmente equipa carros grandes, mas você pode encontrar até um Hyundai Atos Prime com essa caixa. Atualmente a versão com maior número de marchas é fabricada pela ZF e tem 9 velocidades. Pode ter mudanças de marchas sequenciais. O automático mais barato do mercado atualmente é o Kia Picanto 1.0: R$ 41.900.
Novo Nissan Sentra 4 77981 700x1050 Conheça os tipos de transmissões existentes

CVT

Muito popular no Japão, onde é praticamente um item obrigatório nos famosos kei car, a transmissão CVT é outro tipo de caixa automática. Ela não utiliza engrenagens em um eixo como a anterior, mas uma correia de aço e duas polias, que alteram seu diâmetro. Assim, o dispositivo oferece uma variação contínua de velocidades, tornando infinitas as marchas.
O rodar suave e a economia são os pontos altos. O efeito linear de aceleração pode não ser aceito por muitos condutores, por isso alguns fabricantes criam marchas “virtuais” até com mudanças sequenciais para criar um efeito similar ao da transmissão automática comum. Também é muito usada em híbridos. Por aqui, a opção mais barata com CVT é o Nissan Sentra 2.0 SV por R$ 65.990.
new fiesta se powershift impressoes leitor 12 700x933 Conheça os tipos de transmissões existentes

Automatizada de dupla embreagem

É a sensação do momento em automóveis. Essa caixa de transmissão é semelhante em aspecto ao câmbio manual, mas possui dois eixos de engrenagens no lugar de um. Além disso, possui duas embreagens (interna e externa), que permitem trocas de marchas quase sem perda de giro do motor, tornando não só as mudanças mais suaves, mas ampliando o desempenho do veículo.
Ela geralmente é mais rápida que um câmbio manual. Totalmente controlada por computador, permite vários modos de condução, assim como em outros câmbios com assistência eletrônica. No caso do Brasil, o modelo mais barato com dupla embreagem é o Ford Fiesta SE 1.6 Powershift: R$ 50.840.
Existem outros projetos de câmbios para automóveis, tal como um que contempla o uso de motor elétrico para acionamento as marchas, bem como para tracionar, manter a velocidade, servir de freio-motor e regenerador de energia. O dispositivo deverá ser usado em carros híbridos. Enfim, esses são os tipos mais comuns de transmissão usados pelos carros atualmente.
 
Fonte: Notícias Automotivas

Translate »