GM é líder e Hyundai passa a Ford

A média diária de vendas de carros em outubro foi a pior desde 2008, não chegando a nove mil unidades: foram 8.819 por dia, num total de 185.200 unidades, o que revela mais um mês fraquíssimo considerando o volume histórico. A queda em relação a outubro no ano passado foi de 36,4% (quando foram vendidos 291.411 carros e comerciais leves). Houve queda também em relação a setembro, de 3,8%.
No acumulado de janeiro a outubro foram vendidos 2.067.000 carros e comerciais leves, contra 2.695.650 unidades no mesmo período do ano passado, queda chega a 23,3%.
As vendas baixas provocaram mudanças também no ranking por marcas. A GM passou a Fiat e fechou o mês como líder de mercado. Vendeu 30.320 carros e marcou uma participação de 16,4%, contra 29.430 unidades da italiana (15,9%), que continua líder no acumulado do ano.
A grande mudança foi o crescimento da Hyundai, que vendeu 16.925 carros no mês e atingiu 9,1% de participação, números que a fizeram conquistar, pela primeira vez na história a quarta posição entre as marcas mais vendida no País, superando a Ford, tradicionalmente quarta colocada. A Ford ficou com 8.8%, vendeu 16.240 carros.
A Renault, que perdia para a Toyota até o penúltimo dia do mês, recuperou-se e fechou outubro com, 3.770 e 7,4% das vendas, deixando as japonesas para trás.
Por Joel Leite, do Uol.

Translate »