Frota flex cresce 25% ao ano e vai superar gasolina em 2020

noticias_550899bb0eb56

Veículos a diesel também apresentam alta no Paraná, mas com menor porcentual que o bicombustível
Os carros flex, aos poucos, vão substituindo os carros que rodam somente com gasolina ou álcool. De acordo com uma projeção divulgada pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) ontem, a frota de veículos movidos a álcool e gasolina, os populares flex, deve superar os modelos somente à gasolina no Estado daqui a cinco anos. Pela estimativa, o Paraná deve chegar a 3.583.275 carros bicombustíveis em 2020.
“Nos últimos cinco anos, a frota de veículos flex cresceu em média 25% ao ano. Caso siga nesse ritmo acelerado, nos próximos cinco anos a frota de veículos bicombustível ultrapassará em 56.930 veículos a frota movida a gasolina”, explica o diretor-geral do Detran, Mar cos Traad.
Hoje, os veículos flex compõem 30,8% da frota paranaense (1.998.728), enquanto em 2010 representavam 18,8% (948.259). Já os veículos movidos a gasolina, apesar de ainda serem em maior número, com 3.219.485, sofreram uma queda de 60% para 49,6% no que se refere a representação da frota.
Em 2014, de acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o Licenciamento total de automóveis e comerciais leves flex no Brasil chegou a 2.940.508, o que corresponde a 88,2% do total.
No Paraná número de veículos a diesel que entraram em circulação nos últimos cinco aumentou 29,8%, saltando de 469.962 para 610.170. Em contrapartida, os veícu los a álcool já sofreram uma queda de 5.706 (1,4%), na comparação com o mesmo período.
Hoje existem no Estado 3.219.485 veículos a gasolina, dos quais 58% são automóveis, 27,5% são motocicletas e 6,4% motonetas. Enquanto a frota de veículo de veículos álcool/gasolina chega a 1.998.728, sendo 79,3% automóveis, 10,3% caminhonetes e 4,8% motocicletas.
Desde segunda-feira, passou a valer a determinação do Governo Federal de aumentar a mistura de etanol anidro na gasolina de 25% para 27%. A medida vale para a gasolina comum e para a aditivada e, segundo o ministro de Ministério de Minas e Energia, o preço do litro da gasolina nos postos de combustível não será alterado.
FROTA E COMBUSTÍVEL PARANÁ
TIPO NÚMERO DE CARROS
Gasolina 3.219.485 Flex 1.998.728 Diesel 610.170
Terceiro na produção de veículos
O Paraná ocupada a terceira posição na produção nacional de veículos (11,6%). Fica atrás apenas de São Paulo (45,3%) e Minas Gerais (22,0%). Na sequência, aparecem no ranking o Rio Grande do Sul (10,3%), Rio de Janeiro (4,9%), Bahia (3,4%) e Goiás (2,6%). Os dados são do último levantamento da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).
Fonte: Bem Paraná – Impresso – Flip

Translate »