Frota de veículos no Brasil deve crescer 140% em 20 anos

fota

Anfavea estima que a taxa de motorização no país sairá de 5,1 habitantes por veículo neste ano para 2,4 em 2034
 
Estudo elaborado pela Anfavea (Associação Nacional de Veículos Automotores) aponta que a frota de veículos no país, nos próximos 20 anos, crescerá 140% e atingirá a marca de 95,2 milhões de unidades.
Em 2013 a frota era de 39,7 milhões. Com isso, a taxa de motorização passará de um veículo por 5,1 habitantes para um a cada 2,1 brasileiros.
O levantamento considera a tendência de crescimento da população, do PIB, a taxa de motorização, a frota e os licenciamentos em cenários otimista, básico e pessimista.
A análise considera que a população chegará a 226 milhões, com crescimento médio de 0,5% ao ano. Já o PIB estimado para 2034, com aumento médio anual de 3%, é de US$ 4 trilhões, deixando o PIB per capita em US$ 17,9 mil.
Para Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea, o estudo é mais uma prova do potencial brasileiro: “uma das maiores riquezas do Brasil é o seu mercado interno. Somos um país com dimensões continentais e com uma população que cresce tanto em número quanto em renda. Não tenho dúvidas de que estes são alguns dados que chamam a atenção de grandes empresas, que atraem tantos investimentos para o Brasil”.
Vendas caíram em outubro

Segundo a Anfavea, no comparativo dos licenciamentos entre outubro de 2013 e outubro de 2014, houve uma queda de 7,1%. Foram comercializadas quase 307 mil unidades. Analisando os dados de setembro e outubro deste ano, por outro lado, houve alta de 3,6% nas vendas.
Até o final de 2014, a Anfavea estima que haverá quedas na produção, nos licenciamentos e nas exportações, de 10%, 5,4% e 29,1%, respectivamente, em comparação com os resultados de 2013.
 
Com informações da Agência CNT de Notícias

Translate »