Ford anuncia investimento de US$ 220 milhões na Argentina

ford

De Automotive Business

A Ford anuncia um novo plano e investimento de US$ 220 milhões para o biênio 2015-2016 em sua fábrica de General Pacheco, na região metropolitana de Buenos Aires, Argentina, que monta os modelos Ranger e Focus. Do total anunciado, pouco mais da metade será aplicado no desenvolvimento e renovação de peças, para a localização de 290 itens, a partir da aquisição de ferramentais, enquanto outros 50% contemplarão novos processos de manufatura e engenharia, com a renovação da linha de prensas (estamparia) e modernização da área de pintura.

O anúncio foi feito na quinta-feira, 28, pelo presidente da Ford para a América do Sul, Steven Armstrong, em um encontro com a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, acompanhada pela ministra da Indústria, Débora Giorgi.

“A estratégia que iniciamos em 2011, de gerar produtos globais, teve sucesso, porque fez a marca crescer em todo o mundo. Estou orgulhoso do que estamos fazendo na Argentina e esperamos continuar crescendo com nossos produtos na região”, declarou Armstrong.

Segundo a montadora, com o novo investimento, a empresa conseguirá reduzir as necessidades de divisas para importações em US$ 120 milhões por ano.

“O investimento da Ford buscou eficiência e escala excelente em um momento em que estamos sendo afetados pela fortíssima queda do mercado brasileiro de veículos, que já registra queda de 60% da produção local, com retração de 20% das vendas no acumulado do ano, sendo 25% só em abril”, disse Débora Giorgi após o encontro, em uma declaração à imprensa. “Graças aos investimentos, a Ford pode reorientar produtos ao mercado interno, de mãos dadas com produtos de qualidade e sustentáveis”, completou.

A ministra também lembrou do investimento que a empresa já aplicou no país, de US$ 550 milhões entre 2011 e 2014.

Instalada na Argentina desde 1913, primeiro como importadora, a Ford começou a montar veículos no país vizinho em 1917. Atualmente, a fabricante emprega 3,6 mil trabalhadores na unidade argentina.

Fonte: ABLA

Translate »