Entenda o que muda com as placas de veículos padrão Mercosul

placas-mercosul-300x190

A partir de janeiro de 2017, segundo a Resolução 527/15 (que alterou a 510/14), todos os veículos comercializados no Brasil deverão possuir placas de identificação no padrão estabelecido para o MERCOSUL.
 
As novas placas, além de criar um visual único para os países do bloco, possibilitam número maior de combinações. Segundo o Denatran, no atual sistema, o Brasil teria combinações disponíveis até 2030, ou seja, haverá tempo de sobra para que o Contran regulamente o emplacamento com a nova patente.
 
De acordo com o órgão, essa decisão tem como objetivo conferir mais segurança, facilitar as informações entre os países, ajudar no combate à clonagem e a roubos de carga e a obter um maior controle de infrações.
 
Agora o Portal do Trânsito explica o que muda com o novo sistema de identificação dos veículos.
 
Cor da placa
 
A partir de 2017, as placas terão uma única cor de fundo (branca) e o que as diferenciará será a cor dos caracteres. As cores diferentes de caracteres servirão para identificar a categoria dos veículos. Por exemplo: caracteres pretos = categoria particular, caracteres vermelhos = categoria aluguel, caracteres verdes = categoria experiência, caracteres azuis = categoria oficial, caracteres dourados = missão diplomática e caracteres dourados = colecionadores.
 
Número de letras e números
 
Em vez de três letras e quatro números, como é atualmente, as novas placas terão quatro letras e três números, que serão usados aleatoriamente, assim como o padrão Europeu.
 
Cidade, estado e País
 
A inscrição Brasil estará na parte superior do novo modelo, sobre uma tarja azul. De acordo com o Anexo I da Res.510/14, os nomes da cidade e do estado estarão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões.
 
Tamanho da placa
 
As medidas da placa continuam as mesmas: 20 cm de comprimento por 17 cm de largura, para motocicletas e 40 cm de comprimento por 13 cm de largura, para os demais veículos.
 
Outras marcações
 
Com o objetivo de dificultar falsificações, serão inseridas marcas d´água com o nome do País e do Mercosul na diagonal, ao longo das placas.
 
Veículos que deverão usar
 
A partir de janeiro de 2017, todos os veículos emplacados no Brasil deverão ter, obrigatoriamente, esse novo modelo de identificação. Para os veículos que já estão emplacados, a troca é obrigatória em caso de transferência de município e opcional para os demais.

Translate »