Dicas para você que está pensando em comprar um SUV

Os SUVs (Sport Utility Vehicle) vêm se popularizando cada vez mais entre os consumidores brasileiros. Apesar de serem acusados de contribuir para a poluição e serem conhecidos como “beberrões”, os utilitários esportivos vêm sendo vendidos em números consideráveis e modelos menos caros têm surgido no mercado.
No Brasil, os SUVs possuem versões com tração 4×2 ou 4×4 e seus valores chegam a superar os R$ 100 mil, mas existem também variantes mais básicos, vendidos a partir de R$ 49,1 mil.
Faixas de preços
No mercado brasileiro, entre exemplos de SUV mais em conta estão o Renault Duster, o chinês Cherry Tiggo e o EcoSport (o mais vendido da categoria), todos na faixa dos R$ 50 mil.
duster

tiggo

eco

 
 
Outros como Mitsubishi Pajero, Hyundai Tucson e Suzuki Grand Vitara têm preços iniciais que variam entre R$ 69 e 72 mil.

 paj

tucson

 
O Cherry Tiggo, além de apresentar preços mais módicos, é o que menos bebe. Ele faz, com um motor 2.0 a gasolina, 12,3 km/L  na estrada e 8,5 km/L na cidade.
Destacou-se também o Hyundai ix35, que roda na versão 2.0 a gasolina 8,5 km/L na cidade e 10,8 km/L na estrada.

 vitara

Gastos com segurança
Estudo desenvolvido este ano por seguradora disponibiliza cotação de seguros de 20 SUVs vendidas no país. Para desenvolver o estudo, foram realizados cerca de 500 orçamentos em 11 seguradoras diferentes.
Os seguros de SUVs são de cerca de 10% do preço do veículo novo. Muitos fatores influenciam esse balanço, desde o preço das peças de reposição ao local onde ele costuma ser estacionado.
Por exemplo, a segurança do veículo é um dos aspectos que reduz o valor da franquia. No caso dos SUVs esse é um pró, já que fatores como tração e estabilidade os tornam mais seguros que carros de passeio. Uma opção para proteção extra é blindar o veículo, como já divulgamos aqui no Blog das Locadoras.
Segundo o site Minuto Seguros, o seguro de um Ford EcoSport, por exemplo, sai por R$ 3.179 para quem mora em Santa Cecília, região central de São Paulo, e por R$ 4.100 para quem mora no Tatuapé, Zona Leste paulistana. O perfil do proprietário foi o de um homem de 35 anos, casado e que sempre estaciona o carro em garagens com porteiro eletrônico – aspectos que reduzem o valor do seguro, em oposição a fatores como local de residência do proprietário podem aumentar, como no exemplo.
 
Embora seja um veículo de custos altos, os SUVs não são mais coisa de milionário. Se você é mais um dos apaixonados pelo conforto, potência e segurança desses utilitários, faça sua pesquisa, veja quais vão as suas prioridades, planeje-se e será um ótimo investimento!
 
Fonte: Roberto Amaral, jornalista e escritor por convicção, 22 anos, paulistano e apaixonado por tudo que tenha motor e rodas.
[email protected]
 
 
 
 

Translate »