Carro que substituirá o Celta no Brasil é mostrado no Salão de Nova York

Novo Spark dará origem a modelo que será feito em São José dos Campos no segundo semestre de 2016. É o Projeto Âmbar
A Chevrolet mostra no Salão de Nova York a nova geração do Spark, seu carro de entrada por lá. Para nós a notícia é interessante: esse Spark que dará origem ao substituto do Celta no Brasil – compacto que chegará às nossas ruas no ano que vem.
A plataforma do novo Spark facilitará o lançamento do compacto no Brasil: é a Gamma II (GSV), a mesma de Onix, Cobalt e Sonic, por exemplo.
Linhas do teto e até os vincos da lateral foram mantidos iguais aos do Opel Karl (seu “irmão alemão”), mas o Spark tem maçanetas das portas traseiras na coluna C, como no Sonic hatch. Aliás, a dianteira se assemelha à do Sonic que foi lançado na China há alguns meses. É um visual mais maduro e menos ousado do que se via na geração anterior.
O Chevrolet Spark tem vantagem sobre o Karl: em vez do motor 1.0 Ecotec de três cilindros e 75cv, usa um novo 1.4 Ecotec a gasolina de 100cv, combinado a um câmbio manual de cinco velocidades ou um CVT (continuamente variável). O consumo médio anunciado é de 17km/l!
O Spark será fabricado na Coreia do Sul, juntamente com o Opel Karl. No Brasil, o novo modelo de entrada da Chevrolet terá a missão de substituir o Celta. Dentro da fábrica o carro vem sendo chamado de Projeto Âmbar.
Será fabricado em São José dos Campos (SP), que tem capacidade ociosa. O interesse da Chevrolet era vender o carro por menos de R$ 30 mil – mas hoje o Celta é vendo em versão única – completo – por R$ 34 mil. O lançamento está previsto para o segundo semestre de 2016.
Por Henrique Rodriguez, do Jornal Extra.

Translate »