BMW é ultrapassada por Audi e Mercedes em vendas mundiais

logo

Após 10 anos Audi assume a liderança entre as montadoras alemãs premium
Pela primeira vez desde 2005 a BMW perde o título de maior marca de carros de luxo e cai para a terceira posição no ranking ao ver, em janeiro deste ano, as concorrentes alemãs Audi e Mercedes-Benz ultrapassarem seu número de vendas no mundo.
A primeira posição em janeiro foi ocupada pela Audi, que teve crescimento de 10% nas vendas do primeiro mês de 2015 em comparação ao mesmo mês do ano anterior e contabilizou 137,7 mil unidades vendidas. A Mercedes-Benz vendeu 125.865 carros no período e subiu da terceira para a segunda colocação da marcas premium, com ganho de 14% sobre 2014. Os 125.865 veículos vendidos pela BMW representaram elevação de 6,3%, a menor entre as três.
Segundo analistas internacionais consultados pelo site Auto News, a previsão é de que este cenário perdure ao longo do ano. “Este é um declínio bastante significativo no crescimento [da BMW] em relação à Mercedes e Audi”, afirmou Juergen Pieper, analista alemão do banco Bankhaus Metzler. “Isso deve continuar pelos próximos meses”, concluiu.
Para se firmar na liderança, a Audi anunciou recentemente que planeja investir € 24 bilhões, nos próximos cinco anos, em novos modelos e na expansão de produção de algumas plantas. Já a Mercedes-Benz fará o importantelançamento do modelo GLE, que irá bater de frente com o X6 da BMW, enquanto a Daimler renova toda a linha de SUVs.
A DIFÍCIL REVANCHE
A pressão cresce cada vez mais sobre a BMW enquanto modelos como o sedã Série 7 e o SUV X3 envelhecem. A fabricante ultimamente vem juntando esforços em investir na China, onde seus concessionários suspenderam encomendas devido a uma disputa sobre metas de vendas e bônus.
A companhia planeja, mesmo no cenário de crescimento inferior ao das concorrentes, retomar a posição perdida, já que alcançou seu quinto recorde consecutivo de vendas anuais e janeiro de 2015 se marcou como o melhor início de ano da história da montadora (leia aqui), mesmo que isso ainda tenha sido insuficiente para se manter como maior montadora no segmento de luxo.
Ian Robertson, diretor de vendas da BMW, anuncia que a fabricante trará novidades em 2015 que deverão manter o crescimento da companhia. “Há uma série de lançamentos de novos modelos que chegarão este ano”, disse o executivo em comunicado. “Nosso crescimento de 2015 deve superar o de 2014, apesar de ainda haver condições adversas em alguns mercados”, concluiu.
Fonte: Automotive Business

Translate »